Etapas para Bordar um Vestido de Noiva com Rendas e Pedrarias.

Antes de começar a costurar artesanatos eu já bordava vestidos de noivas, é um trabalho delicado que exige tranquilidade e paciência, pois é costurada pedrinha por pedrinha.

A pedraria como costumamos dizer nada mais são do que vidrilhos, canutilhos, pérolas, paetês entre outros acessórios.

Usa-se normalmente uma agulha bem fina e própria para esse tipo de artesanato, a gama de materiais no mercado é grande, com vários padrões, cores e qualidade. Para os vestidos de festas usa-se a mesma técnica, aqui irei mostrar algumas etapas que fotografei para fazer o bordado de uma blusa de vestido de noiva.

Vamos lá !!!!

Existem vários tipos de rendas utilizadas para poder bordar o vestido da noiva, as mais conhecidas no mercado são elas:

Soutache: por ser rebordada com o fio soutache, é mais pesada do que as outras e, por isso, tem menos caimento.

Guipure: “é bem tradicional e elegante, O caimento dela também é mais pesado e ideal para vestidos bem estruturados.

Chantilly francesa: leva este primeiro nome porque foi desenvolvida na região de Chantilly, na França, é a mais cara das rendas. Perfeita para usar em modelos que pedem bastante movimento e fluidez.

Tipo italiana: esta renda pode ser a substituta um pouco “mais barata” do que a renda francesa, mas está entre as que podem ser consideradas mais nobres.

Bordada: rendas de qualquer tipo, bordadas com miçangas ou canutilhos, fazem sucesso entre as noivas. “Como são bordadas em bastidor e em uma metragem grande, o custo deste bordado sai mais em conta do que um serviço de uma bordadeira.

Tipo francesa: tenta imitar o modelo mais caro, mas não tem um toque tão macio nem um caimento tão ideal como a original. É uma opção para quem não pode gastar muito, mas também não quer abrir mão de um vestido rendado bem clássico.

Nesse trabalho optamos pela renda Tipo Francesa.

img_4726

Minha mãe confeccionou a blusa em cetim com as mangas, colo e ombro em tule, a partir disso a renda foi toda recortada para ser adaptada a blusa e ao tule.

img_4728 img_4822

Com o barrado da renda foi dando o acabamento da parte da gola, ombro e ao longo do corpo e manga fui alfinetando toda a renda recortada na blusa, sempre sendo dispostas de forma espelhada, é importante que a renda tenha essa opção.

Após alfinetar eu vou alinhavando a renda na blusa, para ficar segura.

img_4823 img_4824

Após esse trabalho eu escolhi as pedrarias a serem utilizadas, que no caso foram os vidrilhos furta cor, lantejoulas, mini pérolas e miçangas.

img_4964  img_4825

Como a manga é de tule deixei uma parte aberta para facilitar o alinhavo e a colocação das pedrarias, depois foi fechada à máquina e terminado todo acabamento.

img_4965   img_4860

As pedrarias são costuradas uma à uma com agulha para miçanga, alternando entre os desenhos da renda por toda a extensão da blusa do vestido, frente costas e mangas.

img_4859  img_4966img_4937

Finalizada a blusa então ela foi costurada na saia e a parte de acabamento da cintura eu bordei à parte para depois alinhavar e costurar no vestido.

O peso da blusa lisa é um, o peso dela com pedraria aumenta considerávelmente pela quantidade de pedrarias que você quer colocar.

Bjs e ótimos bordados…..

 

Comentários

Insira um comentário

Olá seja bem vindo!!!